Now Playing Tracks

Se você ouvisse cada lágrima minha, talvez diria que é o som mais triste que alguém cantou. Se você lesse os caminhos da minha mão notaria fácil que eles estão desencontrados, esperando pelos seus passos que sempre me guiam. Se você enxergasse minha crença no mundo, veria que eu sou cético quando o assunto é amor mas totalmente e perdidamente crente em você e no sentimento que suas mãos carregam, que seus lábios dizem, que sua voz ecoa. Se você sentisse minhas coragens pequenas e meus medos absurdos, talvez trocasse meus cantos, minha euforia e a minha tristeza pela sua quase-vida, pela sua quase-certeza sobre o que sinto.
Floresinexatas.   (via eternismo)

(Source: floresinexatas)

Saudade é não saber. Não saber mais se ele continua se gripando no inverno. Não saber mais se ela continua clareando o cabelo. Não saber se ele ainda usa a camisa que você deu. Não saber se ela foi na consulta com o dermatologista como prometeu. Não saber se ele tem comido frango de padaria, se ela tem assistido as aulas de inglês, se ele aprendeu a entrar na Internet, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua fumando Carlton, se ela continua preferindo Pepsi, se ele continua sorrindo, se ela continua dançando, se ele continua pescando, se ela continua lhe amando.
Martha Medeiros. (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)

(Source: v-e-r-e-d-a)

Ela é boba, ri de tudo e faz palhaçada. Ela sabe ser seria, fria e grossa. Ela é romântica, sentimental e se apega muito fácil. Ela se apaixona por sorrisos, gosta de abraços apertados e de andar de mão dada. Ela gosta de gente que a valoriza, gosta de se sentir importante e mais ainda quando é mimada. Ela ama fazer carinho, mexer no cabelo dos outros e de “morder” as pessoas que gosta. Ela é uma garota difícil de lidar, está cada hora de um jeito e é pessima em demonstrar o que sente. Ela se importa,tem medo de perder e sente muito cíumes. Ela é um doce de menina, mas não a machuque pois esta pode ficar amarga.
Ela é você. (via eternismo)

(Source: refez)

Tem muita gente que pensa que ama. Não sou ninguém para julgar o amor dos outros, longe de mim. Mas o amor, o amor mesmo, o amor maduro, o amor bonito, o amor real, o amor sereno, o amor de verdade não é montanha-russa, não é perseguição, não é telefone desligado na cara, não é uma noite, não é espera. O amor é chegada. É encontro. É dia e noite. É dormir de conchinha. É acordar e fazer um carinho de bom dia. É ajuda, mãos dadas, conforto, apoio. E saco cheio, também. Tem rotina, tem manhã, tarde, noite, tem defeito, tem chatice, tem tempestade. Mas o céu sempre limpa. Porque o amor é puro como o azul do céu.
Clarissa Corrêa  (via manuscritto)

(Source: segredou)

To Tumblr, Love Pixel Union