Now Playing Tracks

Te quero aqui, te quero comigo. Te quero na primeira, na segunda, ou na 69ª. Te quero sem medo, sem roupa, sem pressa e sem hora. Te quero pra mim, te quero do meu lado. Te quero dizendo “não” pro resto e “sim” pra nós. Te quero sussurrando no meu ouvido que você também me quer. Te quero discutindo sobre Aristóteles, sobre o clima ou sobre os mistérios das estrelas. Te quero aqui, mas te quero agora.
Karen Eduarda. (via eternismo)

(Source: intrigant-e)

Hora do pôr do sol, tarde fria, aquele barulhinho gostoso de chuva lá fora. Ela e ele, apenas. Livros espalhados pelo chão, assistiam um filme de romance enquanto se abraçavam. Ele brincava com o cabelo dela, ela o provocava deitada em seu peito. Estavam recobertos por um cobertor, devido ao frio intenso que nem chegava a atrapalhar pois se aqueciam com o calor do corpo. Não, não era só mais um fim de tarde comum. Risos, brincadeiras. Nada parecia estar sendo jogado fora, nem mesmo o tempo que ainda lhes sobrara. Ele pegou o violão e começou a tocar a música preferida dela. Ela de fato estava contida. Não era uma pequena paixão, era amor. Amor daqueles incondicionais, que só é visto em cinema. Ela perguntou se era para sempre. E com certeza a resposta já estava esclarecida.
Jhennifer Wernek   (via manuscritto)

(Source: segredou)

We make Tumblr themes